AVAAZ, nunca mais!

Gente, é simplesmente INACREDITÁVEL essa história relatada ontem pelo jornalista Reinaldo Azevedo!! Certamente, nem todas as pessoas que pertencem à organização AVAAZ são canalhas, mas aquelas que decidiram excluir a petição criada pelo cidadão Ricardo Rocha, definitivamente, são pessoas que não prestam. Isso é mau caratismo puro e simples!! Moral da história: AVAAZ, NUNCA MAIS!  Alguns trechos da vergonha (link para a matéria logo abaixo):

Alguém lançou na página da Avaaz uma petição propondo a cassação do registro profissional de Silas Malafaia. Razão? As suas opiniões sobre a homossexualidade e a defesa que faz do que chama trabalho de “reorientação”. (…)

Muito bem! No dia 9 deste mês, Ricardo Rocha lançou no mesmo site uma petição contra a cassação do registro. Ora, não é assim que as coisas devem funcionar? No escopo da democracia, alguns fazem petição a favor de determinadas causas, outras, contra. Pois bem: anteontem, aconteceu o que certamente a patrulha não esperava: os signatários favoráveis à manutenção do registro profissional de Malafaia superaram, em número, os que queriam cassá-lo: 65.786 contra 55.000. E então se deu o ato indigno. Ricardo Rocha, o criador da petição favorável à manutenção do registro de Malafaia, recebeu a seguinte mensagem da Avaaz, DIRIGIDA E DESMORALIZADA, NO BRASIL, por Pedro Abramovay:

“Olá Ricardo, (…) Infelizmente, a maioria dos membros da Avaaz não apoiaram sua petição e, seguindo nossos Termos de Serviço, tivemos que removê-la de nosso site. (…) Nossas sinceras desculpas…”

Ah, bom! Então tá!

Atenção, meus caros! A primeira petição não era “favorável aos gays”, mas a favor da cassação do registro profissional de Malafaia. A segunda petição não era “contra os gays”, mas contra a cassação daquele registro.

Quando a Avaaz diz que só faz campanhas que visam “à sua missão”, cabe perguntar: uma de suas missões é cassar registros profissionais de pessoas das quais a “comunidade do site” discorda? (…) Assim, no Brasil, a Avaaz deixa de ser um site de petições que vocaliza a opinião da sociedade civil, como eles pretendem, para se transformar num grupo de pressão que tem uma agenda política. (…) A democracia de um lado só é a forma mais virulenta de ditadura.

Daqui: A agressão à democracia feita pela AVAAZ

Anúncios

2 comentários em “AVAAZ, nunca mais!

  1. Cleber Menezes disse:

    Um princípio constitucional (legado iluminista) está sendo desprezado vergonhosamente: a sagrada liberdade de expressão.
    Só para recordar o pensador do séc. XVIII: “Não concordo com uma só palavra do que dizes, mas morrerei lutando pelo teu direito de dizê-las.” (Voltaire)
    Ainda que eu não endosse tudo o que o Silas Malafaia diz, ainda que eu não possua conhecimento específico para analisar a conduta profissional dele enquanto psicólogo, o que fica evidenciado nessa decisão é que essa medida tem uma conotação meramente política. Mais nos parece um patrulhamento ideológico. Coisa feia dos tempos da ditadura.

Aprecie com moderação...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s